30 de setembro de 2017

Vitória nos jornais 30/9




27 de setembro de 2017

Vitória nos jornais 27/9






20 de setembro de 2017

19 de setembro de 2017

17 de setembro de 2017

Heldon "É uma honra envergar esta camisola"


"Foi um jogo complicado, aliás como são os dérbis. O Vitória fez tudo para ficar com os três pontos. Estivemos em desvantagem, empatámos num bom lance individual do Raphinha e, infelizmente, sofremos o segundo golo no final da primeira parte. Foi pena. Resta-nos agora levantar a cabeça porque domingo temos um jogo complicado, mais um, em casa. E em casa mandamos nós"

"Estou no Vitória há duas semanas, não fiz nada na pré-temporada e por isso estou agora a ganhar forma física. É uma honra envergar esta camisola, é um clube com adeptos fantásticos e uma organização fantástica. Saí de um grande e vim para outro grande"

Pedro Martins deixou criticas ao videoárbitro


"Foi um jogo equilibrado e competitivo, nem sempre bem jogado. Foi mais jogado em duelos, com agressividade, com poucos espaços. Em alguns momentos, também jogámos um futebol direto. Não pretendíamos fazê-lo, mas foram as incidências do jogo. Há um lance que queremos clarificar: ao minuto 18, não entendo. Se temos formações do VAR e chegamos à realidade e elas não acontecem... Ou continuam e fazem um trabalho de competência ou acabem. Isto não é nada benéfico para o futebol. É um lance capital e se há tantas televisões e olhos para observar, não percebo"

"[Entrada de Heldon] Para dar alguma frescura. O Rincón está a passar por falta de frescura física e foi nesse aspeto. Quisemos dar mais velocidade nos corredores. Volto a dizer, foi um jogo equilibrado e muito disputado até aos limites. As decisões não foram as mais acertadas. É trabalhar, levantar a cabeça e no domingo temos um jogo importante com o Marítimo"

VÍDEO | Resumo do jogo

VÍDEO | Golo Raphinha

Vitória nos jornais 17/9

16 de setembro de 2017

Convocados para o dérbi

Mensagem para nós Vitorianos


Mensagem de um vitoriano para a nossa página, na qual estamos totalmente de acordo. Para os Vitorianos reflectirem...

"No passado Domingo o jogo com o Boavista custou em multas ao nosso Vitória a "linda" soma de 4.938 euros.
Continuamos no bom caminho.
Foram só 13 engenhos pirotécnicos, se isto é apoiar uma equipa, eu vou ali e já volto.
Como não chegasse as multas da primeira equipa, também apanhamos 536 euros na equipa B.
Estamos de parabéns.
A empresa que vende os artigos pirotécnicos aos adeptos do Vitória está a fazer um bom negócio, pois das multas que pagamos foram usados 6 potes de fumo, 1 tocha incandescente e 10 flash light.
Também fomos multados por duas vezes, por terem sido atirados para o terreno do jogo garrafas com água e cadeiras.
Finalmente pagamos multas por serem usadas palavras impróprias, nomeadamente, filho da p…, o clube adversário é merd…..
Enfim, com esta média de multas, chegaremos ao fim do campeonato com uma verba próxima dos 155.000 EUROS, o que será o dobro do ano passado.
É preciso meditar sobre estes números, pois são importantes."

Pedro Martins quer voltar a ganhar em Braga

14 de setembro de 2017

Vitória nos jornais 14/9

Foto: Miguel Pereira/Global Imagens






13 de setembro de 2017

Pedro Henrique “Sabemos da responsabilidade mas é um momento único”




"O mister, com a equipa dele, mostrou alguns jogos do adversário. Tem muita força física e analisámos também os pontos não tão fortes, que podemos explorar".

"Um jogo diferente, importante, uma competição nova para mim e para grande parte do plantel, mas que temos encarado de forma tranquila. Conhecemos o nosso potencial e queremos desfrutar desse momento"

"Isto leva um certo tempo, mas agora estamos muito estáveis, fortes, e queremos continuar com essa consistência importante"

"O primeiro passo é vencer amanhã [quinta-feira] em casa. Vamos batalhar para passar a fase de grupos. Estamos focados nesse tabu, para tentar quebrá-lo"

"Já nos conhecíamos do Brasil e queremos continuar a progredir. Vimos de dois jogos juntos e vamos tentar dar sequência a isso"

Pedro Martins "Fazer história e passar a Fase de Grupos"



"Todos os anos há sempre evolução, há sempre mudanças nesse capítulo, antevejo um grupo muito equilibrado, vejo o Marselha a jogar com muita qualidade, mas é no plano teórico, não esta a começar bem a época... Vejo duas equipas com diferentes tipos de futebol, mas prevejo um grupo muto equilibrado. Temos condições para passar? Temos, mas é muito difícil. Temos condições para fazer um bom resultado e vencer. Esta tudo em aberto, é complicado e difícil"

"Amanhã irão ver. Não sou homem de mexer muito quando a equipa estabiliza no seu processo. Na minha perspetiva, o onze que vai jogar é o que está na melhor fase"

"Vai tentar criar duelos. Uma equipa muito forte do ponto de vista físico e com qualidade técnica. Temos de acreditar que têm muita qualidade para tentar criar dificuldades ao nosso adversário"

"São competições completamente distintas, já andámos a bater nos 10 golos sofridos durante muito tempo e nos últimos dois jogos não sofremos nenhum. Conquistámos os três pontos e isso é que é importante"

"Acima de tudo, as vitórias é que dão confiança. Preparámo-nos para estas situações. Se conseguíssemos fechar o plantel mais cedo, teríamos os jogadores muito mais disponíveis. No entanto, estamos bem, a trabalhar com compromisso e focados. Esta é uma prova que não precisa de treinador para motivar os jogadores. Sabem como é importante para a carreira deles. A primeira presença europeia de uma grande parte dos atletas. Um jogo de visibilidade importante para eles e para o clube"

"Vamos ter um jogo de equilíbrios. Temos jogadores com experiência e apelo ao nosso público para que compareça. Andámos um ano a lutar para estar aqui, mostrar o clube e o Vitória à Europa seria importante. Há fases e momentos da época em que a experiência pode ser importante. Por agora é tudo muito precoce e prevejo um jogo de equilíbrios. O fator experiência não é fundamental para o jogo de amanhã"

"Celis está disponível e Vigário lesionado"

Vitória nos jornais 13/9